27 de outubro de 2009

Guardo palavras dentro de mim

dá-me a tua mão? ouve a alegria simples sentada à mesa. o rumor das pétalas. a janela aberta. o vento que te abraça. hoje plantei sonhos. ouço-os crescer. guardo palavras dentro de mim. sossego. mel. bicicleta. algodão doce. flores. riso.eternidade.

Um comentário:

Débora disse...

tão delicado e tão bonito!